m o u n t a i n.....b i k e.....t e a m
b a r c e l o s.....p o r t u g a l
.
.
CALENDÁRIO DE ACTIVIDADES
.
.
.
.
raposasmbt@maisbarcelos.pt
.
.
.
.
.
.
.

quinta-feira, janeiro 11, 2007

Passeio BTT de Inverno Serra do Marão, 07/01/2007


Domingo, 7 de Janeiro de 2007: 6 horas da madrugada e 3 Raposas (Joca, Quinzé e Jorge) fizeram-se à estrada com destino a Vila Real.

Objectivo: participar no 4º passeio BTT de inverno da Serra do Marão organizado pelos Bila Biker’s e pelo INATEL - Delegação de Vila Real.

Após uma viagem calma e sem sobressaltos, eis-nos chegados ao Largo da Feira da freguesia de Campeã, concelho de Vila Real.
O facto de termos sido os primeiros participantes a chegar ao local onde a organização ainda montava o secretariado, permitiu-nos desde logo evitar os habituais congestionamentos no levantamento dos dorsais e, de seguida, procurar um bom estacionamento para a viatura junto a uma das duas zonas de banhos disponibilizadas.

Devidamente equipados e com as máquinas 100% operacionais era hora de fazer um pequeno reforço alimentar e aguardar pela partida. A chuva e o frio faziam-se sentir com alguma intensidade o que não tornou muito agradável a espera pelo inicio do passeio que, infelizmente, se atrasou considerávelmente.

Já em andamento fomos encontrando alguns amigos com quem, em amena cavaqueira e em ritmo de aquecimento, fizemos os primeiros quilómetros. Entretanto, a chuva foi diminuindo de intensidade e até nos deu tréguas durante prácticamente todo o passeio. O frio e o nevoeiro é que não foram de modas e fizeram-se sentir principalmente nas partes mais altas.



Tal como anunciado pela organização, o percurso era de baixa dificuldade técnica, sem grandes obstáculos e permitindo subir, rolar e descer com relativa facilidade. No que diz respeito à dificuldade física, a organização também não enganou. A classificação de média/alta enquadra-se perfeitamente. Previa-se que os 1.690 metros de acumulado iriam fazer alguns estragos físicos e assim foi. Não tanto pela altitude mas mais pelas curtas subidas, algumas de acentuado declive, que aos poucos iam fazendo mossa.

Mas a fadiga que se ia acumulando, rápidamente se esvanecia com a beleza natural de todo o percurso. É realmente deslumbrante percorrer esta região. O facto de não haver grande exigência em termos técnicos, permitiu-nos algum relaxe e deu-nos a oportunidade de, mesmo em andamento, usufruir de toda aquela extraordinária envolvência. Neste aspecto apenas há a lamentar o facto de, nas zonas mais altas, o nevoeiro ser muito intenso tornando a visibilidade diminuta. Contudo, a experiência foi memorável e as palavras ficarão sempre aquém daquilo que nos foi proporcionado viver e observar.

Terminado o passeio, cansados e com os pés enrregelados, havia que apressar a limpeza das “máquinas”. Habituados a estas andanças, pedimos a um simpáctico casal de Campeã que nos deixasse utilizar a sua mangueira do quintal, evitando assim a enorme fila existente à chegada. No que diz respeito aos banhos dos participantes, a organização disponibilizou duas áreas. As condições não eram as melhores mas, salvo raras excepções, é o ponto fraco de quase todos os passeios.

De cara lavada e com o material devidamente arrumado havia que recuperar energias. Da ementa do almoço faziam parte um óptimo arroz de feijão, feveras e barriguinhas. No final um cafézinho e pés à estrada rumo a Barcelos. Mais uma vez a viagem foi bastante tranquila.

Parabéns à organização pela escolha do percurso. A subir: duro mas acessível. A descer: pura adrenalina. Parabéns também pelo excelente serviço prestado na mostra e divulgação de uma região de excepcional beleza natural.

É sem dúvida um passeio a repetir.

2007/01/10, Joca